Philomena

Estava completamente a antecipar este filme: não era só o trailer em si; os nomes de Stephen Frears, Steve Coogan e da grande senhora Judi Dench ainda aumentavam mais a fasquia. Por acaso os Óscares apenas serviram de campanha publicitária para um filme com uma história baseada em factos reais: uma mãe que procura o seu filho, que não consegue esquecer o passado e um jornalista que irá publicar a sua história. Brilhante, fidedigno e simples. Banda sonora do maravilho Alexandre Desplat. Recomendadíssimo. Espero que gostem.

12 Years a Slave

Um dos filmes marcantes na cerimónia dos Óscares deste ano fora "12 Years a Slave". Realizado por Steve McQueen, Escrito por John Ridley baseado na obra literária de Solomon Northup, banda sonora de Hans Zimmer. Uma história real e tocante de um homem que deu tudo para sobreviver à escravatura. Poderoso, tocante e marcante. Com Chiwetel Ejiofor, Lupita Nyong'o, Michael K. Williams, Brad Pitt e Michael Fassbender. Recomendo não só pela história mas pela mensagem, pela voz de Solomon.

The end justifies the mean


Se quiserem ver uma comédia tipicamente americana e simples recomendo "Bad Words". Escrito por Andrew Dodge e realizado por Jason Bateman. Não achei nada de especial mas se forem fãs de Jason Bateman vejam (depois formulem uma opinião). 3 estrelas.

Brooklyn 99

Os criadores desta séries são: Daniel J. Goor e Michael Schur. Para quem não conhece, este senhores têm "Parks and Recreation", "Saturday Night Live" e "The Office" no currículo. Ainda apenas com uma temporada, esta série com Andy Samberg, Stephanie Beatriz, Terry Crews, Melissa Fumero, Joe Lo Truglio, Chelsea Peretti, Joel McKinnon Miller, Dirk Blocker e Andre Braugher; todos eles são detetives com personalidades diferentes e o dia-a-dia nesta esquadra é peculiar. Gostei mas não adorei. Veremos com a segunda temporada (talvez veja...).