La Cage Dorée



Este é um filme bem disposto que celebra os pequenos costumes dos portugueses. De Ruben Alves com Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Maria Vieira entre outros. Esteve nas salas de cinema em Agosto do ano passado e garantiu uma boa comédia à portuguesa (porque sendo imigrantes ou não é sempre bom ver que existe um humor tão nosso... somos característicos). Espero que gostem.

Ma femme est une actrice


Existem filmes que nos são recomendados por terceiros. Este em particular foi recomendado por alguém que claramente pertencia ao passado mas como às vezes precisamos de filmes, músicas ou fotografias para explicar o que sentimos: um dos meus ex-namorados recomendou-me este filme de Yvan Attal (a razão pela qual escrevo isto é: ele não entende a língua portuguesa). Por esta mesma razão vi este filme com outros olhos. Entre a comédia e o sarcasmo a relação entre Charlotte (Charlotte Gainsbourg) e Yvan já teve dias melhores e por vezes os ciúmes podem trazer alguns problemas... ninguém disse que namorar uma actriz era tarefa fácil (como se esta não fosse uma profissão igual a tantas outras). 

5 Centimeters Per Second


Makoto Shinkai já foi aclamado como o Miyazaki da sua geração e para provar isso mesmo, este filme dividido em três capítulos, emociona até o mais desinteressado dos espectadores. Adorei a mensagem da história que se torna incisiva e rápida através da montagem do próprio filme. 
Para ver, rever e ser recomendado.

The Fall


O filme encheu-me de curiosidade só pelo cartaz e só mais tarde soube que "The Fall" é o filme brilhante de Tarsem Singh. Visionário e conceptual este mundo de fantasia tem uma linha muito ténue com a realidade de dois pacientes dos anos 20 em Los Angeles. Com Catinca Untaru, Lee Pace, Justine Waddell e Leo Bill. A Arte de contar histórias. Este filme é uma espécie de fábula árabe. Gostei.

The Rocky Horror Picture Show



Não podemos falar deste filme sem mencionar o nome do génio Richard O'Brien. Para além de actor, O'Brien escreveu o musical "The Rocky Horror Show", um espectáculo britânico estreado no Royal Court Theater em Londres. Só mais tarde o realizador Jim Sharman mostrou-se interessado em realizar o filme com membros do elenco original: Tim Curry, Susan Sarandon, Barry Bostwick, Richard O'Brien, Patricia Quinn, Nell Campbell, Jonathan Adams, Peter Hinwood, Charles Gray e Meat Loaf. Este é o filme clássico de série B. Ainda hoje o universo de "The Rocky Horror Picture Show" é de culto por todos os fãs de 1975 em diante onde a ficção científica, a comédia e a temática do horror são homenageadas. Uma paródia musical da história do cinema comemorada no dia de Halloween, na época do Carnaval e em todas as salas de cinema ou teatro que prezam repor esta obra de culto. Se forem curiosos vejam todos os making of etc que conseguirem (alguns disponíveis no youtube).

Toy Story

A primeira vez que vi Toy Story ainda não tinha completado 7 anos de idade. Foi o primeiro filme que vi em 3D. Fascinou-me pela avançada tecnologia mas nunca imaginara que as personagens de John Lasseter fossem resultar numa sequela com dez anos de intervalo entre o segundo capítulo e o último. As aventuras dos brinquedos de Andy tornaram-se ícones do universo da Pixar. Woody e Buzz Lightyear são os prediletos. Esta é daquelas trilogias que deverão passar de geração em geração. Espero bem que sim. Existem poucos filmes que combinem animação, entretenimento e narrativa num só legado. A banda sonora é de Randy Newman, claro.