Philomena

Estava completamente a antecipar este filme: não era só o trailer em si; os nomes de Stephen Frears, Steve Coogan e da grande senhora Judi Dench ainda aumentavam mais a fasquia. Por acaso os Óscares apenas serviram de campanha publicitária para um filme com uma história baseada em factos reais: uma mãe que procura o seu filho, que não consegue esquecer o passado e um jornalista que irá publicar a sua história. Brilhante, fidedigno e simples. Banda sonora do maravilho Alexandre Desplat. Recomendadíssimo. Espero que gostem.
Enviar um comentário