Glory


...e quando pensamos que não existem filmes com um certo elenco eis que voltamos atrás no tempo e descobrimos coisas espectaculares. Este filme de Edward Zwick conta com Matthew Broderick, Denzel Washington, Cary Elwes, Morgan Freeman e Andre Braugher. Estamos num cenário de guerra no ano de 1862 e o coronel Robert Gould Shaw (Matthew Broderick) foi o responsável por dirigir o primeiro pelotão de soldados negros na América. Uma história brilhante relatada neste filme baseado em acontecimentos reais sobre os homens que lutaram pela nossa liberdade. Vencedor de três Óscares da Academia incluindo Melhor Actor Secundário: Denzel Washington.

Nobody Knows


Existem alguns filmes que nos tocam profundamente. "Nobody Knows" (Dare mo shiranai) de Hirokazu Koreeda conta a história de quatro irmãos que acabaram de se mudar para Tóquio. O irmão mais velho, Akira (Yûya Yagira) é quem toma conta de todos quando a mãe está fora (supostamente) a trabalhar. Este é um exemplo/amostra que existem mais filmes japoneses do mesmo género. Relembra o quanto é importante explorar outras linguagens, outros métodos, outras visões para uma mesma situação. Adoro este género de cinematografia e adoro o facto de ter a oportunidade de ver vários filmes que se passam numa mesma cidade (assim fazemos uma colecção ao longo dos anos adquirindo vários perspetivas sob. um mesmo espaço/uma mesma cidade.) Recomendadíssimo. Vou explorar mais trabalhos do realizador Hirokazu Koreeda. Inspirou-me a algo mais.

Wild at Heart


A chama e o fogo são os elementos chave deste filme de David Lynch. Sailor (Nicolas Cage) e Lula (Laura Dern) foram feitos um para o outro mas a mãe de Lula (Diane Ladd) vê esta situação numa perspectiva bem diferente... Este é um dos filmes de Lynch com mais individualidade cinematográfica juntando-se a outros da mesma época. A violência sonora de Lynch torna os seus filmes ainda mais apelativos, acrescentado à imagem (de contrastes intensos) uma experiência completa da acção.

Central do Brasil


Walter Salles tem sido daqueles cineastas que inconscientemente não me desaponta. Eu como espectadora nunca me apercebo se sigo ou não os filmes de um realizador específico. No caso de Salles já tive a oportunidade de ver alguns dos seus filmes e nenhum deles é fora do tom. "Central do Brasil" é um filme cheio de alma e lugares surreais. O universo de Salles é um mundo cinematográfico fascinante recheado de sítios para explorar que convidam o espectador a permanecer naquele mesmo lugar com as personagens reais. Adoro este género cinematográfico de autor. No elenco: Fernanda Montenegro, Marília Pêra e Vinícius de Oliveira. Vejam esta aventura pela estrada fora.

Martyrs

 Eu não sei como comentar ou recomendar este filme. Posso afirmar que foi das longas-metragens de terror mais fortes que já alguma vez vi (como devem imaginar, certamente não voltarei a revê-lo). 
Se gostam de filmes de terror e thriller vejam este de Pascal Laugier, de certeza que vos irá ficar na memória.