Beyoncé: Life Is But a Dream


Depois de ver o documentário online que saiu com o álbum "4" de Beyoncé Knowles, decidi ver este documentário produzido para televisão (emitido pelo canal HBO). Através da voz off da cantora podemos perceber como as decisões da sua carreira afectaram a sua vida pessoal e de como é importante ter a consciência de separar família e amigos de trabalho e mediatismo. Beyoncé aprendeu a administrar a sua própria carreira, tendo sacrificando e trabalhando duro para chegar onde está hoje. Para quem quiser ver uma nova perspectiva desta artista que assina o seu trabalho com independência.

Paulette


Este filme venceu o prémio do público na 13.ª edição da Festa do Cinema Francês. Realizado por Jérôme Enrico esta comédia não deverá ser levada a sério e foi por esta mesma razão que fui ver "Paulette" aos cinemas. A história centra-se numa velhota com humor característico e personalidade própria que ao ver a reforma a cair, as despesas a aumentar e o seu estado de vida degradado decide, por fim, vender droga. Esta decisão leva a um desenrolar de acontecimentos hilariantes quase-surreais na vida de Paulette. Recomendo que leiam esta entrevista ao realizador Jérôme Enrico para saberem mais sobre este filme (após o terem visionado, claro). Com Bernadette Lafont, Carmen Maura, Dominique Lavanant e Françoise Bertin. Recomendo-o pela ideia/conceito e pelas personagens. Uma comédia a aderir.

Teenagers from Outer Space


Os extraterrestres eram vistos de outra maneira nos anos 60. Este filme de Tom Graeff mostra a ficção científica nos velhos tempos. Dá para entreter o nerd oprimido que existe dentro de cada um de nós e faz com que o visionamento de filmes do mesmo género seja um hobbie partilhado em cinemateca ou com um público aderente do meu culto: ficção científica. Não creio que é um clássico Sci-Fi mas de certeza que na altura provocou algum espanto.

The Tempest


Foi filmado para televisão mas esta versão da obra "A Tempestade" de William Shakespeare foi concebida para teatro. Des McAnuff e Shelagh O'Brien filmaram no palco uma produção fantástica. Com Christopher Plummer, Geraint Wyn Davies, Dion Johnstone, Bruce Dow, entre outros. Pelo culto de Shakespeare e pelo culto de "ir ao teatro", vejam.

Livide

Um filme realizado/escrito por Alexandre Bustillo e Julien Maury. Esteve presente na edição 2012 do MOTELx. A minha predileção por filmes assustadores só resulta rodeada de um grupo de amigos. Confesso que não sou fã de filmes de terror, não consigo voluntariar-me a um serão de final de tarde, sozinha, só para ver filmes como "The Exorcist". No entanto, felizmente, existem festivais de cinema onde podemos partilhar o nosso medo em comunidade. "Livide" em particular pode-se considerar um típico filme de terror com uma casa assombrada e uma história do passado "mal resolvida". 
É recomendado para quem gosta do género.

Jane Austen in Manhattan


Um filme de James Ivory que não aplaude nem desilude os fãs de Jane Austen. Poderia ter sido uma abordagem mais interessante à única peça adaptada da autora - "Sir Charles Grandison". Acho que não acrescenta nada ao património cinematográfico baseado em Austen.