The Lord of the Rings


Existem épicos eternos, histórias do passado que glorificam o que a nossa humanidade conquistou nos dias de hoje. J.R.R. Tolkien não é apenas um escritor sobre o mundo do fantástico, este criou um universo possível num passado ancestral onde os heróis foram quem menos esperávamos. Graças a uma equipa que se manteve unida mais de cinco anos consecutivos, Peter Jackson conseguiu trazer ao grande ecran com a ajuda da New Line Cinema uma trilogia épica: The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring, The Lord of the Rings: The Two Towers e The Lord of the Rings: The Return of the King. Existem contrastes incríveis e reais sobre a Terra Média e a nossa realidade. Aconselho a ler os livros, ver a trilogia e explorar os documentários que mostram este cujo dito contraste. Acho incrível quanto um escritor de outro século consegue criar uma obra prima e que este material seja adaptável aos nossos dias independentemente do formato (cinema, pintura, teatro...). Com Elijah Wood, Sean Astin, Cate Blanchett, Orlando Bloom, Sean Bean, Andy Serkis, Ian McKellen, Viggo Mortensen, John Rhys-Davies, Liv Tyler, Christopher Lee e David Wenham. Para passar de geração em geração.
Enviar um comentário