Shortbus


Quando reparei nem queria acreditar: ainda não tinha escrito nada sobre "Shortbus". Este é um dos meus filmes favoritos, realizado e escrito por John Cameron Mitchell o plot de "Shortbus" segue mais que a vida intima de diversos personagens explorando problemas, complexos e ambiguidades. Esta é mais uma história situada em Nova Iorque. Adoro o conceito do filme. Principalmente quando vivemos numa altura em que cada vez mais sente-se na pele que somos simplesmente pessoas e que a nossa orientação sexual não interessa ninguém a não ser a nós próprios... nós criamos o preconceito se quisermos, é uma opção de escolha. Recomendo vivamente.

Some assembly required.


Sou fã de Joss Whedon desde à quase dez anos. Conheci-o na televisão sem prestar muita atenção até caçar todos os episódios de Buffy e mais tarde alguns filmes como "Serenity" que mantiveram o meu fanatismo, o qual aparentemente vai continuar. "The Avengers" é estrondoso como filme de super heróis e respeita, a meu ver, o excelente trabalho das personagens da Marvel. Obviamente fora um dos filmes mais antecipados deste ano. Valeu a pena esperar.

La belle personne


Há certos filmes dos quais gostaria de dizer algo que ainda não tenha sido dito... sinto-me completamente inútil quando repito comentários/opiniões sobre certas coisas. Acredito fielmente que tudo já foi dito em relação a este filme de Christophe Honoré. Onde a actriz Léa Seydoux é a beleza de perdição como Junie, uma estudante da escola secundária. Louis Garrel e Grégoire Leprince-Ringuet juntam-se aos olhares tentadores do sexo masculino sobre a personagem de Junie. Um filme que não parece ser de 2008 com um guião de cair para o lado. O amor proibido é mais complexo do que parece. Young and Effortless. 5 estrelas.

Mar Adentro


Existem biografias poderosas. Existem pessoas extraordinárias. Cada uma à sua maneira. Ramón Sampedro destacou-se pela sua coragem na luta do direito à eutanásia. Após um acidente que o deixou quadraplégico seguiram-se vinte e nove anos de uma vida digna e de um homem que inspirou as pessoas que o rodeavam a reavaliarem as suas vidas. "Mar Adentro" é um filme de Alejandro Amenábar protagonizado pelo grande actor Javier Bardem que me deixou sem palavras. Este é daqueles filmes que dá para rir ao acaso e para chorar como se não houvesse amanhã. Faz-nos interrogar: o que é a vida/morte. Tal como dito no filme: Viver é um direito, não é uma obrigação. 5 estrelas.

L'auberge espagnole


Um filme super reconhecido pela sua linguagem cinematográfica própria. Realizado e escrito por Cédric Klapish. Com um grupo de actores bem interessante. Essencial para quem ama a Europa e claro, Erasmus. Adoro este filme.

Shame


Steve McQueen continua a saga de sucesso, depois de "Hunger" segue-se este trabalho com uma interpretação fantástica de Michael Fassbender, protagonista principal do enredo com Carey Mulligan. Banda sonora de Harry Escott. O olhar de McQueen que começou na fotografia e agora prolonga-se nas telas de cinema. Muito Bom.

Weekend


Antes de realizar este filme, Andrew Haigh esteve por aí a aprender com melhores. Dêem uma espreitadela no seu percurso discreto pela indústria do cinema e irão perceber o que vos digo. Escreveu, realizou e editou "Weekend" um filme que me agradou de todo pela estética, opções de enquadramento e o guião que resultou num bom trabalho de actores. Gosto de filmes assim. Sobre as relações no seu geral. Vale a pena.