O caso Ice Age


Há um nome que une uma trilogia - Carlos Saldanha. Realizador e criador dos personagens Manny, Sid e Diego, estes são os protagonistas de "Ice Age", "Ice Age: The Meltdown" e "Ice Age: Dawn of the Dinosaurs". Olhando de relance, Saldanha garantiu que uma trilogia de animação 3D mantesse o mesmo humor ao longo de oito anos. O resultado está à vista de todos e creio que nunca a 20th Century Fox teria uma trilogia de animação cinematográfica tão rentável... o ultimo trabalho de Carlos Saldanha é "Rio" que tal e qual "Ice Age" encantou com o seu franchise e humor leve por onde passou. Por agora, marquem já no calendário 2012 a data de 13 de Julho: "Ice Age: Continental Drift". Esperemos que o seu legado continue com a mesma qualidade por muitos anos.

Les triplettes de Belleville

Uma das minhas primeiras experiências cinematográficas na RTP 2 coincidiu com a primeira constatação de estranheza em relação ao mundo da animação. O culpado é o realizador, argumentista e sonhador auto-didacta Sylvain Chomet. Nesta sua ainda pequena carreira já colecciona 4 nomeações para os Óscares a muitas apreciações sobre o seu trabalho onde a sua animação e estética rege um estilo venerado por muitos. Por isso não é preciso muito para se apaixonar por "Les triplettes de Belleville" ou qualquer outra obra do mesmo autor. Explorem Chomet cronologicamente. Comecem por "La Vielle Dame at Les Pigeons" e sigam por diante. Recomendadíssimo.

Johnny Stecchino

Roberto Benigni conta a mesma história de amor vezes sem conta. Enquadrando esta no melodrama ou policial (ou até outro género ainda por categorizar). A musa é a sempre bela Nicoletta Braschi e Benigni o protagonista principal. Verdade seja dita que vezes sem conta, este não deixa de encantar. "Johnny Stecchino" é mais uma história do arco da velha onde aparentemente um mafioso encontra o seu duplo. Cinema de autor italiano.

Inland Empire



Será escusado dizer que este filme fora super bem trabalhado por David Lynch; transformando a história desta mera actriz, Nikki Grace, num drama psicológico que afoga desde o início o espectador num ambiente cru patrocinado pelo típico “receio” que tanto Lynch impõe. Com a fabulosa Laura Dern, Jeremy Irons e Justin Theroux. Para quem gosta de Lynch e não só.

Double Indemnity



crime e noir. Fred MacMurray e Barbara Stanwyck brilham ao lado do grande realizador Billy Wilder que ganhou seis Óscares e não é por acaso. Deixando em 2002 um espólio grandioso e variado de géneros cinematográficos realizados por si, "Double Indemnity" é um clássico. nada mais.

de regresso


fotografias de Francisco Brasil

após um acostumado e excelente Verão mal posso esperar pelo estágio e para acabar a licenciatura. Entretanto, a pedido de várias famílias criei isto - http://trincapalavras.wordpress.com/ - porque no meio de guiões, argumentos, rascunhos, histórias e muito papel saem outras coisas. Espero que gostem.

P.S.- alguns dos textos também estão presentes no tumblr secreto.