The Tree of Life


Pessoalmente, "The Tree of Life" é um rugir da palavra "sentir" e o quanto é importante viver tudo o que nos rodeia. Partilho a mesma opinião que muitos outros críticos já o disseram, este novo trabalho de Mallick decepcionou uns e encantou outros mas uma coisa é certa, não haverá nenhum filme do género nos próximos tempos. Neste filme parecemos deambular num ensaio visual sobre as crenças do universo versus a fé humana sobre nós próprios e a nossa condição existencialista tentando justificar o porquê de certas coisas. Visualmente (citando um grande amigo, também ele cineasta) - "é um poema". Não é um filme de massas nem foi feito para atrair grandes audiências mas é tão concentrado na sua mensagem que recomendo o filme a todos os fãs do trabalho de Terrence Malick. A banda sonora é de Alexandre Desplat, um nome a ter em atenção nos próximos tempos. Um dos filmes mais esperados de 2011 e com certeza um dos mais discutíveis.

Enviar um comentário