Notes on a Scandal


Este filme de Richard Eyre fora nomeado para quatro Óscares da Academia – Melhor Banda Sonora Original, Melhor Argumento, Melhor Actriz Principal e Melhor Actriz Secundária. E é disso mesmo que este filme vive. A história foi adaptada da obra literária de Zoe Heller onde Patrick Marber transformou-a no formato de guião. Acrescentou-se uma banda sonora da autoria de um grande senhor da música: Philip Glass e por fim o melhor do que o cinema traz. A encarnação das personagens, ou seja, um trabalho de actores excepcional. Não se esperava outra coisa desta dupla de peso: Judi Dench e Cate Blanchett. Quando Sheeba (Blanchett) acaba de entrar como professora numa escola secundária, Barbara (Dench) começa a observá-la com atenção. Sendo esta também professora acabam por partilhar momentos triviais da rotina de trabalho até que após um convite de Sheeba, Barbara começa a nutrir uma amizade pouco peculiar por esta nova professora. Mais tarde a obsessão acaba por contrair o desenlace de segredos nunca antes contados. Complexo de duas obsessões. Um filme de Actores. Muito bom.
Enviar um comentário