Emma

Das comédias de Jane Austen, a mais conhecida e carismatica é a história de Emma, uma doce jovem casamenteira que ocupa o seu tempo a apresentar pessoas amigas e a juntar interesses entre duas pessoas. No séc. XIX, onde o mundo limitava-se à nossa cidade e às boas maneiras, os corações de um homem e de uma mulher eram mais frágeis e ingénuos, Emma Woodhouse (Gwyneth Palthrow) conhece Harriet Smith (Toni Collette), uma rapariga doce mas sem etiqueta. Emma dá umas lições a Harriet tornando-se amigas e confidentes enquanto disfruta dos seus bons momentos com o seu velho amigo Mr. Knightley. Por mera coincidência, todos os planos de Emma em relação ao amor nem sempre corre bem, consegue juntar sempre as pessoas erradas. Por vezes magoando-as. Emma terá de aprender a não se intrometer nas vidas dos seus amigos e talvez revelar o seu lado mais humano/sensível.
Foi graças a este filme que o célebre Rachel Portman recebeu o Óscar de melhor banda sonora, mesmo assim acho que não é tão florescente como as melodias de “Chocolat”. Um filme exemplar das adaptações das obras de Austen. 2 estrelas.
Enviar um comentário