Uma História


Num dia solarengo, estava uma rapariga no autocarro. Ia do lado da janela a olhar lá para fora, interrogando-se para si, milhões de questões pertinentes que a atormentam. Uma senhora bastante mais velha ia notando no constante esforço da rapariga para não chorar. Quando o autocarro estava quase a parar no destino pretendido da rapariga, levantou-se e as lágrimas escorreram-lhe pela face, sentiu-se... estúpida.
Quando estava a sair, a senhora disse: - Não vale a pena. Amanhã é outro dia.
A rapariga pôs a mão no ombro da senhora e saiu.

Enviar um comentário