Marie Antoinette

"Marie Antoinette" é mais um clásssico de Sofia Coppola (confirma-se). Baseado no livro de Antonia Fraser sobre a desafortunada Arquiduquesa da Áustria e posterior rainha de França, o novo filme de Sofia relata a vida de uma mulher incontornável e uma das personalidades mais incompreendidas da História, desde o seu nascimento até ao final trágico na França. Coppola guia-nos num Palácio de Versailles frívolo e hostil, dando-nos a descobrir uma Marie Antoinette humana.
Filha do imperador austríaco François I, Marie Antoinette (Kirsten Dust) nasce em 1755. Com apenas 9 anos é colocado nas listas europeias de principais pretendentes, para com 14 anos ser anunciada como noiva do futuro rei de França, Louis XVI (Jason Schwartzman). Aos 15 anos, Marie Antoinette é forçada a abandonar a familia, que jamais voltará a ver, para rumar a Paris onde, com 19 anos, contrai matrimónio e é proclamada rainha de França. A monarca leva a magnificiência imperial a um país em mudança , onde uma enorme revolução popular trará um ponto final a uma vida marcada pelo sofrimento.
Digo desde já que Kirsten Dust é mesmo a perfeita Marie Antoinette... não existem melhores atributos desta rainha senão ser extremamente bonita, futil e doce. Ela era apenas uma adolescente inscrita num universo dominado pelo luxo, pela frieza da pressão dos costumes... afinal qual é a mulher do séc. XVIII, com 15 anos que se vai interessar por politica?
Na minha opinião... uma das melhores biografias jamais adaptadas no cinema. (um dos meus filmes favoritos... definitivamente :') ).

Let Them Eat Cake

Jeremy Irons e Robert De Niro no séc. XVIII

O filme "The Mission", de 1986, realizado por Roland Joffé retrata o drama e a guerra do séc. XVIII, quando os jesuítas espanhoís tentam proteger as tribos indígenas provenientes da América do Sul contra as leis da escravatura portuguesa/espanhola. Robert De Niro e Jeremy Irons encabeçam o elenco.
O padre Gabriel (Jeremy Irons) dirige-se para a América do Sul como jesuíta (espanhol) a sua missão, pretende converter os indígenas de S.Carlos. Mais tarde, Rodrigo Mendonza (Robert De Niro) irá juntar-se a Gabriel, depois de ter cometido um gravissimo crime, inicia uma auto-penitência, (estando arrependido) dos seus actos. Cria laços de amizade com os povos indígenas, sendo mais tarde reconhecido como padre.
Mas os problemas avizinham-se, a igreja encontra-se sobre pressão, a região onde se encontra a amissão de S.Carlos foi cedida pelos espanhois aos portugueses adeptos da escravatura destes povos indígenas. Inicia-se uma guerra entre culturas onde Mendonza irá quebrar os seus votos, enquanto Gabriel acredita firmamente nos ensinamentos da sua religião.
Esta película recebeu Palma de Ouro em Cannes e um Oscar por Melhor Fotografia. Considero este filme como um dos clássicos de Roland Joffé ("Vatel"), destacando também a brilhante interpretação de Robert De Niro. Uma boa reconstituição a nivel histórico.

Chicago - If You Can't Be Famous, Be Infamous.


Sim... devido à minha falta de bom senso ainda não tinha tido a oportunidade de visionar este musical expectacular. Realmente o filme "Chicago" de Rob Marshall merece o Oscar de melhor filme de 2002. Tambem de melhor actriz secundária (Catherine Zeta-Jones), de edição (Martin Walsh), de melhor direcção artística (John Myhre), melhor guarda-roupa (Colleen Atwood) e melhor som. Não... não vou escrever um sumário desta história... quero que explorem este filme, esta forma de arte o máximo possivel, apreciem a musica, o ambiente e os movimentos... apaixonem-se pela traição... por este luxuoso filme. Inédito.


Tu

Tu és aquele...
aquele que me faz agarrar a vida...
aquele que está à espera no meio do frio...
Estás longe...




Gosto de te ver de vez em quando... de sonhar nos teus braços e descansar no teu espirito . és unico... e tu sabes disso (l)

Mickey*

Ik houd van u! <3

Chocolat



Baseado na obra de Joanne Harris, adaptado para versão cinematografica por Lasse Hallström (Casanova), "Chocolate" torna-se um filme memorável de 2000. Contando com a nomeação de 5 óscares da academia de Hollywood incluindo - Melhor filme e Melhor actriz. Um conto delicioso protagonizado por Juliette Binoche, Judi DEnch, Alfred Molina, Lena Olin e Johnny Depp (actor merecedor de 1 oscar... continuamos à espera desse grande momento, Johnny D. merece!). Para se deliciar com a magnifica caracterização das personagens e render-se ao sabor do chocolate). :)


One taste is not enough

Know what??


Ensino não anda nem desanda... aulas de substituição a apodrecer... se não fosse os filmes... aquela força maior dos directores e toda sua magia... (l) se não fosse aqueles momentos especiais...........o miradouro é lindo.................... não é? ^__^
P.s.- não adoram o modo como a tinta se agarra à parede?