**Snow Flakes**

So… tomorrow I’m going to North… you know… Xmas holidays… wherever… (Yes, I’m writing in English. Why ? 'cause i love it.)
I’m kind of lazy on this time of the year… I mean everybody is a little bit gentler and sweet… it’s always that magic on the air… simply unique*




(normalmente dá-me destas para escrever em Ingles, se tiver mal escrito... não sejam maus... acontece (: )




Merry Christmas and Happy New Year………… 2007 ! ^.^

Ultimas recomendações de 2006

Portanto como vou estar fora deixo aqui as recomendações ^^

20,13 – Purgatório

Guerra do Ultramar, Norte de Moçambique, 24 de Dezembro de 1969. Uma patrulha percorre a picada, de regresso ao aquartelamento, trazendo um prisioneiro. Estão cansados, avançam sob um calor sufocante, estão desejosos por chegar e têm um dos seus feridos. Avizinham-se também as festividades, para matar por umas horas a saudade e iludir a tristeza de estar longe, da guerra. Contam que terão uma noite em paz, sem tiros, dado o costume da trégua tácita em noite e dia de Natal. Mas não será uma noite tranquila. A mulher do Capitão vem passar o Natal e é visível o mal-estar entre os dois. O prisioneiro aparece morto durante a noite e um dos soldados também. E sem se saber porquê, começam a ser bombardeados por todos os lados. Uma noite em que a violência da guerra se sobrepõe à violência das paixões e um alferes, que tem de defender uma guerra na qual não acredita, tenta encontrar fios de lógica e desvendar os segredos dos inexplicáveis acontecimentos da noite. Último filme de Joaquim Leitão, "20,13" vai buscar o título a um versículo da Bíblia que estará na origem de um dos mistérios da história. É protagonizado por Marco d'Almeida, Adriano Carvalho, Carla Chambel, Maya Booth, Ivo Canelas e Angélico Vieira.



Le Moustache

Num dia qualquer Marc (Vincent Lindon) decide tirar o bigode, que é sua marca registada há anos. Quando Agnès (Emmanuelle Devos), sua mulher, volta das compras, não nota nada de diferente. Quando ele pergunta a Agnès sobre a retirada do bigode, ela responde que ele nunca teve bigode. O mesmo acontece com os amigos e com os colegas de trabalho: ninguém repara na mudança. Acreditando estar louco, Marc inicia um questionamento sobre a própria existência e os mecanismos do universo.



Deck the Halls

Para o optometrista Steve Finch, que vive em Cloverdale, no estado de Massachusetts, nada se pode comparar à gloriosa época de Natal. Todos os anos, Finch cumpre religiosamente as tradições de Yuletide, apesar dos protestos da mulher e dos filhos. Super-organizado, Finch tem a agenda programada ao pormenor com todas as compras de Natal. Mas a sua felicidade é subitamente destruída quando Buddy Hall, um vendedor de automóveis, vem morar para a casa ao lado. Rapidamente, este novo vizinho começa a minar o domínio de Steve como "Rei do Natal", decorando a casa com tantas luzes que a sua luminosidade pode ser visível do espaço. É então declarada a guerra entre os dois vizinhos! De: John Whitesell.
Com: Danny DeVito, Matthew Broderick e Kristin Davis.


Déjà Vu

Na mais recente e fascinante aventura de acção produzida por Jerry Bruckheimer e realizada por Tony Scott, com argumento de Terry Rossio & Bill Marsilii, é um déjà vu que inesperadamente guia o agente ATF Doug Carlin (Denzel Washington) para uma investigação que o conduz a um crime devastador. Destacado para recolher provas após um rebentamento de uma bomba que gera uma explosão catastrófica num Ferry em Nova Orleães, Carlin está prestes a descobrir que aquilo que muitos acreditam estar somente nas suas cabeças é, de facto, algo muito mais poderoso – que o leva numa corrida alucinante para salvar centenas de pessoas inocentes.


Babel

Um autocarro cheio de turistas atravessa uma região montanhosa de Marrocos. Entre os viajantes estão Richard (Brad Pitt) e Susan (Cate Blanchett), um casal de americanos. Ali perto os meninos Ahmed e Youssef manejam um rifle que o pai lhes ofereceu de modo a proteger a pequena criação de cabras da família. Um tiro atinge a viatura, ferindo Susan. A partir daí o filme mostra como este facto afecta a vida de varias pessoas em vários pontos diferentes do mundo: nos Estados Unidos, onde Richard e Susan deixam seus filhos aos cuidados de uma babysitter mexicana; no Japão, onde um homem tenta superar a morte trágica de sua mulher e ajudar a filha surda/muda a aceitar a perda; no México, para onde a babysitter leva as crianças; e ali mesmo, em Marrocos, onde a polícia procura suspeitos de um acto terrorista.



The Prestige


Século XIX, Londres. Robert Angier (Hugh Jackman) e Alfred Borden (Christian Bale) conhecem-se há já muitos anos, desde que eram aprendizes de magia. Desde então eles vivem competindo entre si, o que faz com que a amizade com o passar dos anos se transforme numa grande rivalidade. Quando Alfred apresenta um truque revolucionário, Robert fica obcecado em descobrir como ele conseguiu realizá-la.

3 Presentes de Natal

A comédia romântica deste Natal pertence à escritora/realizadora Nancy Meyers e chama-se “The Holiday”: Após muitos e variados problemas com o género masculino mesmo antes das férias, Amanda Woods e Iris Simpkins estão desesperadas por uma mudança de cenário! Viajando em direcções opostas (Amanda para Londres, Iris para Los Angeles), ambas dão consigo sozinhas em cidades que lhes são pouco ou nada familiares, mas nenhuma das duas se mantém estranha aos seus novos ambientes durante muito tempo... Cameron Diaz e Kate Winslet juntam-se a um elenco recheado de estrelas que inclui Jude Law, Jack Black, Eli Wallach, Ed Burns e Rufus Sewell, onde mais uma vez, Meyers mostra-nos os estranhos caminhos do amor e do elevado preço que pagamos ao negligenciar o nosso coração.

O filme de animação inspirado nos contos de Luc Besson intitula-se “Arthur and the Invisibles” realizado pelo próprio Besson. Como qualquer rapaz da sua idade, Artur fica fascinado com as histórias que a avó lhe conta antes de adormecer. Mas e se todas essas histórias fossem verdadeiras? E se os Minimeus, essas pequenas criaturas desenhadas pelo seu avô fossem mesmo reais? Artur fica determinado a saber se essas histórias serão ou não verdadeiras e aventura-se no reino dos Minimeus.
Vale a pena ver este filme na versão original devido à interpretação física e vocal de Freddie Highmore, Mia Farrow, Madonna, David Bowie, Snoop Dogg, Penny Balfour, Ron Crawford, Robert De Niro, Emilio Estevez, Jimmy Fallon e Harvey Keitel.

Por fim temos um dos filmes mais esperados deste Natal: “Eragon”. Obviamente baseado nas obras do autor Christopher Paolini o 1º filme da trilogia (alguns meios de comunicação afirmam o desenrolar da história em 3 capitulos) retrata a aventura do jovem Eragon que encontra uma pedra azul, bem polida, na floresta, acredita tratar-se de um achado de sorte de um pobre camponês. Mas, quando um dragão nasce da pedra, percebe que tropeçou numa herança tão antiga quanto o próprio Império. Poderá Eragon assumir a missão dos lendários Cavaleiros do Dragão? O destino do Império pode estar nas suas mãos. Os actores que encabeçam o elenco são: Edward Speelers, Sienna Guillory, Garrett Hedlund, Djimon Hounson, Jeremy Irons, John Malkovich, Robert Carlyle, Gary Lewis, Rachel Weisz, Joss Stone, Alun Armstrong, Caroline Chikezie, Christopher Egan, Tamsin Egerton, Steven Spiers e Nils Allen Stewart.

The Strokes - What Ever Happened

I want to be forgotten,
and I don't want to be reminded.
You say "please don't make this harder."
No, I won't yet.

I wanna be beside her.
She wanna be admired.
You say "please don't make this harder."
No, I won't yet.

Oh dear, is it really all true?
Did they offend us and they want it to sound new?
Top ten ideas for countdown shows...
Whose culture is this and does anybody know?
I wait and tell myself "life ain't chess,"
But no one comes in and yes, you're alone...

You don't miss me, I know.

Oh Tennessee, what did you write?
I come together in the middle of the night.
Oh that's an ending that I can't write, 'cause
I've got you to let me down.

I want to be forgotten,
and I don't want to be reminded.
You say "please don't make this harder."
No, I won't yet.

I want to be beside her.
She wanna be admired.
You say "please don't make this harder."
No, I won't yet...

(tentar simplificar o meu dia)

Frank Sinatra


Em memória de Frank Sinatra (um grande senhor do Jazz e do Cinema):
(foi o melhor video que consegui arranjar mas o que importa é a musica (: )

A Estreia - Os Desencontros

Único… desconheço o sentimento ou se calhar é outra coisa… mas a estreia foi absolutamente brutal ! :’)

2º Olhar está de PARABÉNS !!! ^^


(*No Words to describe it*)

Bad Luck??!

Podemos afirmar que o maravilhoso concerto não foi para todos... excepto para os espertos que tinham bilhete reservado... ou para os sortudos que ainda conseguiram bilhetes... o resto (cambada de burros estupidos malcheirosos) nem por isso...... :/

Happy Feet


O melhor filme de animação deste Natal chama-se Happy Feet. Uma produção da Warner Bros dirigida por George Miller, onde a tecnologia consegue criar uma Antártida imaginária com grande impacto visual.
A história conta que Todos os pinguins encontram um companheiro para a vida através de uma canção. Quanto Mumble, um pinguim recém-nascido, descobre que não sabe cantar, todos em seu redor ficam preocupados. Mas Mumble, rapidamente descobre ter outro talento: dança sapateado como ninguém. Rejeitado pela sua comunidade, Mumble inicia uma viagem em que descobre a amizade de um grupo meio louco de pequenos pinguins Adelies e a razão da escassez de peixe no oceano que ameaça a sobrevivência da vida na Antártida.
Com uma história tão original só podíamos ter grandes vozes: Elijah Wood; Robin Williams; Brittany Murphy; Hugh Jackman; Nicole Kidman; Hugo Weaving; Anthony LaPaglia; Magda Szubanski; Miriam Mirgoyles; Savion Glover (dança).
Queria destacar a banda sonora desta grande produção… não podia ser melhor!

No Words*



Digamos que… vou tentar descrever os últimos 3 melhores dias de sempre (aqui em Portugal… até à data).
Começamos por sexta-feira, onde a equipa do 1º olhar teve um trabalho dos diabos (como todos os dias)… filmar, repetir, editar… aquelas acções que causam fome em qualquer pessoa, obviamente ultrapassada com a melhor companhia de todos os fins de semana.
Depois temos Sábado, um dia não tão exaustivo como os outros mas que mesmo assim ainda deu trabalho, estar na sala de montagem: ver, cortar, sobrepor… enfim…
Mais tarde, alguns membros dos filhos de Lumiére dirigiram-se ao grande Colombo onde comeram de bom grado comida israelita depois o prato passou a ser pipocas doces, o filme era a versão original de “Flushed Away” (devido ao nº negativo de bilhetes para “007 Casino Royale” ou até “Borat”)… um bom filme de entretenimento.
Por fim, temos Domingo, um dia calmo… montar e cortar outra vez os filmes todos; aperfeiçoar a imagem no ecran. A estreia coloca-se no dia 10/12 às 15:30 (acho eu). E foi um grande fim de semana ! O curso pode ter “acabado” mas vou conseguir ver esses tais indivíduos especiais… por ai… num sitio qualquer. ;) @

3 filmes, uma Quinta-feira

Portanto temos 3 filmes de diversos géneros (Drama, animação e comédia) que vale a pena comentar.
Começamos por “The Queen” um filme de peso realizado por Stephen Frears, um drama histórico sobre as relações da rainha Elizabeth II de Inglaterra com Tony Blair, na sequência do período conturbado que se seguiu à morte da princesa Diana. Um momento chave crucial da história privada da família real.
Após a morte da princesa Diana, uma das mulheres mais famosas do planeta, e perante um cenário de choque na opinião pública britânica, a rainha Elizabeth II (interpretada por Helen Mirren), refugia-se no castelo de Balmore com a família, estudando uma reacção ao sucedido. Para Tony Blair (Michael Sheen), primeiro-ministro recém-eleito, é clara a necessidade de apoio e segurança a transmitir pelos líderes da Grã-Bretanha, neste período. “The Queen” baseia-se muito nos detalhes transmitidos por analistas e pessoas ligadas à família real britânica, para poder construir um seu retrato íntimo, revelador e por vezes cómico. Com esta obra de Stephen Frears, Helen Mirren encontra-se na mira dos óscares.


Passamos para “Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan”… sem comentários… Sacha Baron Cohen, estrela do famoso programa da HBO "Da Ali G Show", transporta a sua escandalosa personagem de repórter do Cazaquistão para o grande ecrã.
Neste hilariante e ultrajante filme, Borat, um importante repórter da Televisão do Cazaquistão, é enviado aos Estados Unidos da América para fazer um documentário sobre o maior País do mundo. Na cidade de Nova Iorque na companhia da sua primitiva equipa de reportagem, Borat está mais interessado em encontrar a "boa" da actriz Pamela Anderson para a pedir em casamento, do que outra coisa...xD



Por fim temos “Por Água Abaixo”, da DreamWorks Animation e Aardman Features as equipas responsáveis pelo sucesso mundial "Wallace & Gromit: A Maldição do Coelhomem", chega-nos a comédia em animação computorizada "Por Água Abaixo". Misturando o estilo que caracteriza a Aardman com personagens em animação computorizada de última geração da DreamWorks, este filme é uma comédia tresloucada passada no ~"piso inferior" das ruas de Londres.
Roddy é, decididamente, um rato de alta-roda, que vive uma vida de animal de estimação mimado num apartamento chique em Kensington, equipado com dois hamsters-mordomos, Gilbert e Sullivan. No entanto, quando um vulgar rato de esgoto chamado Sid sai em jorro do lavatório, congratulando-se por ter ganho o jackpot, Roddy concebe mil e um esquemas elaborados para se libertar da peste, nomeadamente atraindo-o ao "jacuzzi"... Sid pode ser um saloio ignorante, mas não é parvo, e deste modo é Roddy quem dá consigo despejado pelo cano abaixo para o reboliço dos esgotos de Ratopolis. Aí, Roddy conhece a empreendedora Rita, que trabalha nos esgotos no seu fiel barco, o Jammy Dodger. Roddy quer sair dali de imediato - ou antes, se possível -, Rita quer ser compensada pelo seu trabalho, e, por falar em trabalho, Toad, uma vil criatura - que "roialmente" despreza todos os roedores - quer vê-los fritos... literalmente! Toad envia os seus dois desafortunados rato-escravos, Spike e Whitey, para tratarem do assunto. Mas, quando estes falham, Toad não tem outra escolha senão mandar vir, directamente de França, o seu primo - esse temido mercenário, Le Frog.
"Por Água Abaixo" apresenta as vozes de Hugh Jackman como Roddy, Kate Winslet como Rita, Ian McKellen como Toad, Andy Serkis e Bill Nighy como Spike e Whitey, Shane Richie como Sid, Geoffrey Palmer e Simon Callow como Gilbert e Sullivan, e Jean Reno como Le Frog.

Mais que Perfeito*

Sim… fim de semana… mais que perfeito :)*
Porquê?
Por tudo! Pelo curso de Cinema, pela companhia, pelo trabalho… pela experiência ;)
Ainda + impaciente pelos próximos dias ^.^

Som? OK

Camera? OK

Claquete? “A Gula da Leitura”, Plano 1, 1ª vez (take 1)





ACÇÃO ! (É aqui onde a magia começa*)

007 Casino Royale


Este é um dos filmes mais esperados do ano. Não só pela história ou pelo novo elenco mas pelo simples facto de ver um bom filme ao estilo do genuíno 007.
A partir da primeira adaptação fidedigna do romance inicial da série de Ian Fleming temos uma história repleta de acção: Após ganhar a sua licença para matar, James Bond empreende a sua primeira missão como agente 007, que o levará a Madagáscar e às Bahamas, antes de enfrentar num Casino de Montenegro, Le Chiffre, um banqueiro que financia actividades terroristas. Bond tem de partilhar a missão com a atraente Verper Lynd, que saberá encontrar o calcanhar de Aquiles do super-agente.
Depois de resistir a seis mudanças (Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton e Pierce Brosnan) é a vez de Daniel Craig interpretar uma das personagens míticas da ficção do séc. XX. Com o currículo de respeito, Craig mantem o bom senso e profissionalismo no ecran, enquanto o vilão carismático é representado por Mads Mikkeesen, outro actor de peso. As duas Bond girls são Eva Green e Caterina Murino, tendo Green somado mais pontos por encarnar a única mulher que conquistou Bond. Ainda nos papeis femininos temos pela quinta vez, Judi Dench, a perfeita M.
Pode-se afirmar que Martin Campell é mesmo a “cereja em cima do bolo”, se gostámos dos 2 filmes de Zorro com Antonio Banderas ou talvez “Limite Vertical”, esperamos muito deste novo trabalho. =)
Aqui fica o tema de Casino Royale (de Chris Cornell):

"Mais Bastidores de Hollywood" de Mário Augusto


"Divirta-se com a leitura, deixe o DVD para depois, e faça o favor de tornar a sua vida num filme. Se possivel, numa comédia romântica com um final feliz."
Esta é a sugestão de Mário Augusto um dos grandes jornalistas da SIC, que acaba de lançar o seu 2º livro abordando factos minimamente curiosos do cinema (contem prefácio escrito por Joaquim d'Almeida). O livro chama-se "Mais Bastidores de Hollywood" (infelizmente só o vou comprar daqui a 2 semanas), lança tambem 1 DVD como no seu 1º livro ("Nos Bastidores de Hollywood").
São 2 livros (até à data) para conhecer melhor a história do Cinema, os primeiros tempos de Hollywood, a actualidade e as histórias com os protagonistas que todos conhecemos... tambem por vezes, leva-nos até ao mundo que se esconde por detrás das câmaras, um mundo a que poucos têm acesso, mas que Mário Augusto tem vindo a descobrir ao longo dos ultimos 20 anos. (sortudo! :) )
Ah! Todas as receitas revertem para "O sorriso da Rita", um projecto da Direcção Nacional da Associação Portuguesa de Paralesia Cerebral. ;)


Este é o meu livro de Natal*

3 Destaques » A Good Year, Perfume: The Story of a Murderer, The Departed

Infelizmente... 3 grandes filmes... que ainda não vi... :)


as grandes memórias de Russell Crowe »

a obsessão do cheiro (tenho mesmo de ir ver este! ^^ ) »

Martin Scorsese com um grande elenco »

Marie Antoinette

"Marie Antoinette" é mais um clásssico de Sofia Coppola (confirma-se). Baseado no livro de Antonia Fraser sobre a desafortunada Arquiduquesa da Áustria e posterior rainha de França, o novo filme de Sofia relata a vida de uma mulher incontornável e uma das personalidades mais incompreendidas da História, desde o seu nascimento até ao final trágico na França. Coppola guia-nos num Palácio de Versailles frívolo e hostil, dando-nos a descobrir uma Marie Antoinette humana.
Filha do imperador austríaco François I, Marie Antoinette (Kirsten Dust) nasce em 1755. Com apenas 9 anos é colocado nas listas europeias de principais pretendentes, para com 14 anos ser anunciada como noiva do futuro rei de França, Louis XVI (Jason Schwartzman). Aos 15 anos, Marie Antoinette é forçada a abandonar a familia, que jamais voltará a ver, para rumar a Paris onde, com 19 anos, contrai matrimónio e é proclamada rainha de França. A monarca leva a magnificiência imperial a um país em mudança , onde uma enorme revolução popular trará um ponto final a uma vida marcada pelo sofrimento.
Digo desde já que Kirsten Dust é mesmo a perfeita Marie Antoinette... não existem melhores atributos desta rainha senão ser extremamente bonita, futil e doce. Ela era apenas uma adolescente inscrita num universo dominado pelo luxo, pela frieza da pressão dos costumes... afinal qual é a mulher do séc. XVIII, com 15 anos que se vai interessar por politica?
Na minha opinião... uma das melhores biografias jamais adaptadas no cinema. (um dos meus filmes favoritos... definitivamente :') ).

Let Them Eat Cake

Jeremy Irons e Robert De Niro no séc. XVIII

O filme "The Mission", de 1986, realizado por Roland Joffé retrata o drama e a guerra do séc. XVIII, quando os jesuítas espanhoís tentam proteger as tribos indígenas provenientes da América do Sul contra as leis da escravatura portuguesa/espanhola. Robert De Niro e Jeremy Irons encabeçam o elenco.
O padre Gabriel (Jeremy Irons) dirige-se para a América do Sul como jesuíta (espanhol) a sua missão, pretende converter os indígenas de S.Carlos. Mais tarde, Rodrigo Mendonza (Robert De Niro) irá juntar-se a Gabriel, depois de ter cometido um gravissimo crime, inicia uma auto-penitência, (estando arrependido) dos seus actos. Cria laços de amizade com os povos indígenas, sendo mais tarde reconhecido como padre.
Mas os problemas avizinham-se, a igreja encontra-se sobre pressão, a região onde se encontra a amissão de S.Carlos foi cedida pelos espanhois aos portugueses adeptos da escravatura destes povos indígenas. Inicia-se uma guerra entre culturas onde Mendonza irá quebrar os seus votos, enquanto Gabriel acredita firmamente nos ensinamentos da sua religião.
Esta película recebeu Palma de Ouro em Cannes e um Oscar por Melhor Fotografia. Considero este filme como um dos clássicos de Roland Joffé ("Vatel"), destacando também a brilhante interpretação de Robert De Niro. Uma boa reconstituição a nivel histórico.